Metalização de peças impressas 3D

Externo

Lado externo - Metalização sobre superfície lixada.

Que a fabricação de protótipos é a principal finalidade da impressão 3D todos sabem, o que nem todos sabe, é que ela pode ser utilizada para fabricação de peças finais, peças que servem diretamente para o uso. A criação de protótipos facilita, e muito, a vida de engenheiros e projetistas, encurtando e pulando etapas no processo de desenvolvimento de produtos, mas a impressão 3D de peças finais vem crescendo a cada dia. Empresas, principalmente do setor automotivo e aeroespacial, adotaram este processo para confecção de peças de reposição ou qualquer peça de produção em baixa escala.

Continuar lendo

Boeing requisita patente de sistema de impressão 3D já implementado

1

Nos dias de hoje a obtenção de patentes de ideias e invenções está tomando formas extremas. Como em muitos setores, as empresas que testam a tecnologia de impressão 3D estão cada vez mais recorrendo à apresentação de patentes para seus serviços. O exemplo mais recente foi a decisão da Amazon de registrar uma patente para a impressão 3D em uma van para entrega.

A fabricante de aeronaves Boeing é a próxima na fila para registrar uma patente sobre impressão 3D. Em um pedido de patente publicado esta semana pelo US Patent & Trandemark Office, este gigante da aviação está solicitando a patente para “Impressão Tridimensional de Peças”, um método e um equipamento para requisição, autorização e fabricação de peças de reposição de aeronaves.

“O aparelho compreende uma biblioteca de peças, uma base de dados e um sistema de gerenciamento de peças. A biblioteca de peças é configurada para armazenar uma pluralidade de arquivos de peças. A base de dados é configurada para armazenar entradas identificando uma impressão de peça usando a pluralidade do arquivo de peças. O sistema de gerenciamento é configurado para receber a requisição de um arquivo de peça na biblioteca de peças, identificar o arquivo de peça, receber uma indicação usando o arquivo de peça e armazenar uma entrada identificando a impressão na base de dados.”

2

Embora não seja um procedimento fácil de seguir, a Boeing essencialmente está pedindo uma patente sobre a fabricação de peças de reposição para aeronaves. Como porta-voz da Boeing, Nathan Hulling explica tratar-se especificamente da substituição de peças não-metálicas impressas em 3D por novas peças que também precisam ser impressas. “Quando as peças originais são impressas em 3D elas precisam ser substituídas por outras peças impressas em 3D”. “Temos cerca de 300 diferentes peças em 10 programas de produção de aeronaves diferentes, o que equivale a mais de 20.000 peças de manufatura aditiva não-metálicas nos veículos que são entregues a nossos clientes.”

Em suma, a Boeing já está bem mais avançada que a Amazon em termos de impressão 3D e já está usando a tecnologia para uma ampla gama de peças utilizadas em aviões. “O F/A-18 Super Hornet tem cerca de 150 peças da fuselagem dianteira que foram produzidas através de SLS (Sinterização Seletiva a Laser)”, diz Hulings exemplificando. A Boeing está trabalhando com a tecnologia de impressão 3D, de fato, desde 1997. “Estamos constantemente investigando como substituir peças convencionalmente fabricadas por peças impressas em 3D”, acrescenta Hulings.

3

Este pedido de patente é, portanto, uma tentativa de patentear algo que já está em uso, embora seja uma visão para o futuro também. Enquanto a Boeing está usando apenas impressão 3D para peças não-metálicas para seus aviões, o aplicativo oferece cobertura para uma ampla gama de materiais de impressão 3D, bem como polímeros, gesso, metais e ligas metálicas. O sistema descrito inclui Biblioteca de peças, Base de Dados, Sistema de Gerenciamento de Peças e um sistema de impressão tridimensional.”

 

Fonte: http://www.3ders.org/articles/20150309-boeing-files-patent-for-3d-printing-of-aircraft-parts-printed-20000-parts-for-its-planes.html

Calçados totalmente impressos em 3D – FIMEC 2015

Calçados impressos em 3D

A THB Protofast em parceria com o Studio 10 está apresentando na Fimec 2015 as impressoras 3D da linha Edison, aplicações para manufatura aditiva, sapatos flexíveis totalmente impressos, além dos serviços oferecidos pela empresa.

O foco nesta feira é apresentar a tecnologia 3D como uma ferramenta de auxílio no desenvolvimento de calçados, ajudando as empresas a reduzir custos bem como acelerar o processo de desenvolvimento do produto.

11080299_343168972546933_8036367953147457472_o

O designer Christian Thomas, diretor da Studio 10, afirma que “a impressão em 3D é uma opção que ainda é pouco usada pelas indústrias de calçados do Brasil”. O designer, que tem usado o sistema em suas criações, afirma que o equipamento reduz de 30 dias para um dia o tempo de produção dos protótipos de novos modelos. Os custos ficam em menos de 30% do valor do sistema tradicional, que exige a produção de matriz de aço para a construção de um protótipo. Se houver a necessidade de alguma correção no modelo, as matrizes precisam ser feitas novamente, o que demanda tempo e o dobro do custo.

Segundo Christian, a impressão 3D se encaixaria em uma das fases mais importantes do desenvolvimento de calçado, que é onde ocorre a aprovação do produtos e alterações/correções para produção da coleção.

Não é novidade para ninguém que um dos grandes diferenciais da Impressão 3D é sua versatilidade. “Já nem vejo mais como  futuro, entendo isso como presente. Não conseguiria mais imaginar, nos dias de hoje, fazer um protótipo de algum solado, calçado ou ornamento, que não fosse via CAD e impressão em 3D. A agilidade e a exatidão que se necessita estão totalmente cobertas por esse procedimento”, afirma Christian.

Fimec2015-1

Venha nos visitar na Fábrica Conceito!

Fonte:http://www.fimec.com.br/noticias/noticias.php?id=509

Visite-nos na Fimec 2015

THB fimec 2015

A Fimec, uma das principais feiras de tecnologia coureiro-calçadista do mundo, ocorrerá nos dias 17 a 20 março nos pavilhões da FENAC, em Novo Hamburgo.

A THB Protofast estará apresentado a linha de impressoras 3D Rokit e aplicações para manufatura aditiva na 39º Fimec. Em parceria com o Stúdio 10, a THB Protofast apresentará sapatos flexíveis totalmente impressos, além de outros protótipos funcionais.

Venha nos visitar e descobrir como reduzir custos e antecipar lançamentos de novos produtos no mercado.

Estaremos no espaço da Fábrica Conceito.

Clique aqui para fazer seu cadastramento online.

Inside 3D Printing Brasil – 09 e 10 de março em São Paulo

topo

A Inside 3D Printing, maior feira mundial da indústria de impressão 3D profissional e fabricação aditiva, terá sua segunda edição no Brasil. Tentando repetir o sucesso no ano passado, a Inside 3D Printing acontece nos dias 09 e 10 de março de 2015, no WTC, em São Paulo. A feira traz como destaques os palestrantes Jon Cobb (Vice-Presidente Executivo para Assuntos Corporativos da Stratasys), Shenzhen (Gerente da eSun), entre outros, além de poder presenciar em primeira mão equipamentos de alta tecnologia.

Inscrição e maiores informações no site.